27/11/2013

Imagem da Vila Saloia do passado

No grupo do Facebook "Eu vivo ou já vivi em Algueirão Mem Martins" foi partilhada uma foto deliciosa do passado de Algueirão Mem Martins



Certamente não é fácil contextualizar esta aldeia saloia do passado com a vila urbana dos dias de hoje. 
Nas fotos abaixo tento comparar a localização do passado com a atualidade
[clica na foto para ampliar]

Linha Laranja
Rua das Mercês - Algueirão

Linha Azul
Estrada do Algueirão

Linha Verde
Rua de Fanares

Linha Vermelha
Estrada de Mem Martins

22/11/2013

'Querido Mudei a Casa' em Mem Martins

No próximo domingo (24Nov - 19h), na SIC Mulher
no programa 'Querido Mudei a Casa'.


a 2ª parte de uma intervenção num apartamento na Rua Cândido de Oliveira, no Casal de São José, em Mem Martins. 

A decoradora Rita Glória é a responsável do projecto.

A intervenção é no apartamento do bombeiro João Martins, da corporação de São Pedro de Sintra, que ficou ferido no passado verão, no incêndio da Serra do Caramulo, em Santiago de Besteiros


21/11/2013

São Carlos - Feira Solidária de Natal



30 de Novembro - das 10h às 18h

A escola EB1 nº1 de Mem Martins vai ser palco de uma feira solidária de Natal. Vamos ter Artesãos que aceitaram o nosso convite, rifas, atuação de Rancho Folclorico e participação dos Bombeiros Voluntários!. 

A totalidade da verba angariada pela Associação de Pais da escola EB1N1 Mem-Martins reverterá para a construção do telheiro de ligação do pavilhão conzento ao pavilhão principal.



20/11/2013

Semáforo na R. Coudel - Para quando?

No inicio de Agosto (antes das eleições), foi colocado um novo semáforo na Rua do Coudel...

e 4 meses depois tudo continua igual... o semáforo ainda está desligado, ainda não existe sinalização e a passadeira ainda não está pintada no pavimento...

A urgência foi só para as eleições? 

19/11/2013

MOVIEING – Encontro de apresentação do Projecto

Queres envolver-te num projecto juvenil local? Queres conhecer outros jovens, partilhar ideias e mudar o mundo? Queres explorar mais o mundo das ferramentas multimédia? Então aparece esta 4ª feira dia 20 de Novembro às 19h00 naDínamo para o Movieing! Encontro de Apresentação e traz as tuas ideias!
 
MOVIEING! é um novo projecto juvenil promovido pelo grupo do Cinema TDM, pela Dínamo e pelos seus voluntários em Serviço Voluntário Europeu! O MOVIEING! é um projecto impulsionado por jovens para outros jovens que visa a promover o encontro e a partilha de ideias sobre temas actuais através de ferramentas multimédia e vídeo. Através de encontros semanais, ao longo de um mês, iremos conhecer-nos, inspirar-nos e passar a acção! As tuas e as nossas aprendizagens são a chave para mudar o mundo!


O encontro de apresentação será a ocasião para apresentar o projecto e recolher contributos dos jovens participantes. A participação é gratuita e inclui um pequeno lanche!

 
A Dínamo fica na Tapada das Mercês, na Praceta Francisco Ramos da Costa 13 Aaqui!
Para mais informações podes contactar a Dínamo através do email info@dinamo.pt!
 
Vejam aqui o Evento no Facebook! 

18/11/2013

Antigo fontanário na estação

Foto do antigo fontanário no Largo 25 de Abril (largo da estação)

'O estranho caso dos rodados dos comboios da linha de Sintra'

Noticia Jornal Publico

A geografia ferroviária da rede suburbana de Lisboa muda a partir desta segunda-feira com comboios de dois pisos a atravessarem o túnel do Rossio para assegurarem a ligação a Sintra e automotoras de cor amarela (habitualmente afectas aos regionais para Tomar) a fazerem a linha Azambuja – Santa Apolónia.

A CP justifica esta mudança por falta de material circulante, mas garante que os horários serão os mesmos, não havendo alterações significativas na oferta.

O PÚBLICO apurou que na origem desta escassez de material estão problemas anormais identificados nos rodados dos comboios que compõem a frota da linha de Sintra (séries 2300 e 2400) e que têm levado à sua crescente imobilização em oficina. A compra de novos rodados não é um acto de gestão imediato, devendo estes ser encomendados no mercado internacional com vários meses de antecedência.

A empresa tem detectado um desgaste exagerado nas rodas daquele material circulante (ver PÚBLICO de 21/10/2013) que deveriam poder assegurar 800 mil quilómetros sem ter que ir à revisão, mas que acusam problemas logo aos 100 mil quilómetros, o que obriga à sua desmontagem para serem reperfiladas num torno.

Esta operação e a dificuldade em encomendar novos rodados levou a que parte da frota se encontre agora imobilizada, optando a CP por recorrer a material circulante diferente para poder manter a oferta.

Não é, contudo, pacífico que não venha a haver a partir de hoje perturbações no funcionamento da CP Lisboa. Os comboios de dois pisos obrigam a um maior tempo de paragem nas estações para os passageiros poderem subir e descer, o que tem particular relevância na linha de Sintra, onde a procura é maior.

Por outro lado, na linha da Azambuja é dado como garantido que os passageiros viajarão a partir de hoje como sardinha em lata durante as horas de ponta porque as automotoras de serviço regional para ali destinadas têm uma capacidade inferior à das UQE (Unidades Quádruplas Eléctricas) de dois pisos que dali foram retiradas para irem para Sintra.

A CP prevê que esta situação seja “temporária” e esteja resolvida em quatro semanas.

As origens das deficiências nas rodas das automotoras 2300 e 2400 é que constituem um mistério. Técnicos da CP não têm dúvidas que o problema está na infra-estrutura pois são visíveis em alguns pontos da linha de Sintra alguns troços com “desgates ondulatórios” nos carris (estes acusam pequenas ondas em vez de serem completamente lisos). Tal situação dever-se-á a uma deficiente manutenção da Refer, que a isso tem sido obrigada devido às políticas de contenção de custos.

A Refer rejeita culpas, até porque o simples facto de a linha de Sintra ser a que tem maior tráfego em toda a rede ferroviária nacional é motivo suficiente para nela haver cuidados dobrados na manutenção. De resto, é uma linha que foi modernizada há poucos anos, havendo até um troço (Monte Abraão – Cacém), cuja quadriplicação foi inaugurada há apenas um ano.

Nesta perspectiva, o problema dos rodados seria uma especificidade do material circulante (CP) e não da infra-estrutura (Refer).

O PÚBLICO apurou que foi criado um grupo de trabalho formado por técnicos das duas empresas com o objectivo de encontrar explicações para este fenómeno.

16/11/2013

São Carlos - Assalto Posto de Combustivel



Um assalto violento marcou a noite de sexta-feira em Mem Martins.

Do Honda Civic preto saíram três homens - um deles com uma máscara. Eram cerca das 22h00 de anteontem quando a bomba de gasolina da Galp em Mem Martins, Sintra, foi atacada pelo gang armado com duas pistolas. A gerente do estabelecimento e um funcionário estiveram sequestrados alguns minutos. A mulher teve mesmo de acompanhar um dos assaltantes a uma sala onde estava o cofre. Foram levados cerca de 500 euros entre dinheiro que estava na caixa registadora e tabaco que estava no local. 

Ontem de manhã, inspetores da Polícia Judiciária estiveram no local a recolher provas e já estão na posse das imagens do sistema de videovigilância. Todos os passos dos assaltantes ficaram gravados, mas todos tinham o rosto coberto e utilizaram luvas. Um quarto assaltante manteve-se ao volante da viatura, preparado para a fuga que aconteceu pouco depois do assalto. Apesar das constantes ameaças de morte, nenhuma das vítimas ficou ferida.

Ao que o CM apurou com uma testemunha, dentro da loja da Galp todos os clientes já tinham saído, no entanto, na altura da entrada do grupo estavam algumas pessoas a abastecer o carro e acabaram por sair sem pagar, voltando depois atrás para ver se estava tudo bem com a gerente e o funcionário.
Uma testemunha disse que, apesar de tudo, o assalto foi rápido. "Realmente foi tudo muito rápido. Ninguém ofereceu resistência até porque dois deles estavam armados", disse sem adiantar mais pormenores..

[video com 30seg prévios de publicidade]


15/11/2013

Verbo Pessoa

de 15 a 23 de Novembro
Sexta e Sábado, pelas 22h
Espaço TapaFuros
(Av. Vitorino Nemésio N.24 - Mem Martins)


«Pessoa são pessoas. E esta personalidade poliédrica tentaremos captá-la sob a inspiração coreográfica – pois é uma dança a sua obra imensa! – assente na música ao vivo, em soundscapes (paisagens sonoras despoletadas no momento), e recorrendo à imagem trabalhada em vídeo, para captar a ambiência da obra do poeta. A palavra terá, obviamente, um lugar de destaque e será trabalhada como filigrana, para trazer à luz novos olhares e sentidos que depuram a comunicação e poética (s).

Verbo Pessoa será uma experiência única, cruzando várias linguagens artísticas e, não duvidamos, proporá um usufruto estético da obra de Fernando Pessoa, incidindo em vários aspectos – uns mais conhecidos, outros nem tanto – da sua profícua escrita.

Conjugue connosco Verbo Pessoa e junte-se a esta imensa Pátria, o português.»


Direcção: Rui Mário
Musica Original: Pedro Hilário
Interpretação: Marco Martin, Pedro Hilário, Rui Mário , Samuel Saraiva
Vídeo: Marco Martin e Samuel Saraiva
Designer: Samuel Saraiva
Equipa de Montagem: Pedro Moreira, Marco Lopes
Produção: Marco Martin


Bilhetes: €5

Info: 919 053 476 / geral@tapafuros.com

1º Concurso LPF - Progresso Clube

30 Novembro 2013

Grande Noite de Fados - Algueirão 29Nov

Grande Noite de Fados
Recreios Desportivos do Algueirão
29 Novembro -21h

14/11/2013

Loja Why Not by Mónica Sintra

Nova loja no Centro Comercial Galáxia [loja 2]
Why Not by Mónica Sintra
[clica na fotos para acedes à pagina Facebook com mais informações]


10/11/2013

Coviran - Inauguração Sintra

A Coviran investiu dois milhões de euros para erguer a terceira plataforma de distribuição em Portugal, na Zona Industrial de Mem Martins, Sintra.
A cooperativa dispõe de 25.696 metros quadrados construídos, destinados a garantir a corrente de fornecimento: uma rede logística eficiente e próxima a todos os sócios, independentemente da sua localização geográfica”, sublinha Luis Osuna, Conselheiro Delegado da Coviran.
Esta nova plataforma, que se junta às de Aveiro e Algoz, “assenta sobre uma parcela de 20.000 metros quadrados: um armazém de 7.220 metros, 1.000 metros de perecíveis e 1.570 metros de escritórios centrais”.
A Coviran emprega cerca de 1.400 pessoas em Portugal, está presente em 17 distritos, opera 241 supermercados e soma 201 sócios.
Actualmente, desenvolve a sua actividade em Portugal, Espanha e Gibraltar. “Este modelo social é a melhor resposta para que milhares de pequenos e médios empresários desenvolvam o seu negócio e contribuam para gerar emprego e riqueza, também fora de Espanha”.
Com 29 centros logísticos e 3.118 supermercados distribuídos entre Espanha e Portugal,  a cooperativa estima alcançar um crescimento de 4% no volume de negócio bruto em 2013, “um crescimento ligeiramente superior ao atingido no ano passado”.
Fonte: Hipersuper (07Nov2013)

Circo Mariano

Texto e imagens extraídas do Blog Coutinho Afonso

O Circo Mariano, uma das grandes companhias de circo nacionais, infelizmente hoje extinta, teve fortes ligações ao Algueirão.


No final da década de 60/início da década de 70 do século passado, o então proprietário do Circo Mariano, Henry Tony (nome artístico), também seu ilusionista, adquiriu uma quinta no Algueirão, na Recta da Granja, onde instalou os seus sogros, Cristiano e Lucília.

Após o 25 de Abril o próprio empresário e restante família estabeleceram-se mesmo no Algueirão, onde se tornaram figuras reconhecidas. Os sogros e o próprio Henry Tony já faleceram, mas a sua esposa e filha continuam a residir no Algueirão.

Clica abaixo para ler o texto completo sobre o Circo Mariano

08/11/2013

William Carvalho - R.D. Algueirão

No dia da sua primeira convocatória à Selecção Principal de Futebol de Portugal, é bom recordar as origens. 

Filho de uma família pobre, o menino angolano chegou a Portugal há cerca de 10 anos. Na mala trazia sonhos e a ambição de crescer no mundo da bola. Na sua primeira época em terras lusitanas, em 2003/2004, William Carvalho alinhou nos escalões de formação do Recreios Desportivos de Algueirão, equipa fundada em 1942.

Mas a permanência no Algueirão não foi longa e na temporada seguinte o médio mudou-se para o União Sport Clube Mira Sintra, numa fase em que já estava no "radar" dos olheiros do Sporting.

Excerto de noticia extraida em zerozero.pt

Perfil completo do jogador