29/05/2011

SIC - Ouressa - Violência entre Jovens


"Uma rapariga de 14 anos foi esfaqueada várias vezes por uma colega de 17. O caso aconteceu em Mem Martins, no concelho de Sintra, e na origem da desavença terá estado um telemóvel. A agressora já foi detida e vai ser ouvida em tribunal esta segunda-feira."

Noticia SIC 

Quem viu os dois jovens esfaqueados, depois de atacados por uma rapariga de 17 anos, com um x-acto, só lhes via uma cor: a do sangue. "Mal dava para ver a cara da rapariga, e o rapaz jorrava sangue do braço. Foi horrível", conta ao CM uma testemunha do crime brutal, anteontem à noite, em Mem Martins, Sintra. 
Uma menor de 14 anos, ao que tudo indica na sequência de uma discussão por causa de um telemóvel, foi esfaqueada 17 vezes pela amiga, tendo ficado desfigurada. Um jovem de 21, que tentou parar o ataque, também foi esfaqueado. A agressora já foi detida pela Secção de Homicídios da Judiciária e vai amanhã a tribunal.

O ataque teve lugar num jardim em frente a um prédio da rua José Afonso - Poeta da Liberdade. Um grupo de seis amigos reuniu-se em casa de um deles e duas das raparigas começaram a discutir, situação que se prolongou na rua. Foi então que uma delas, de 17 anos, atacou brutalmente a de 14. Esta tinha ferimentos na cara, cabeça, peito e braços. Um rapaz de 21 também foi esfaqueado. Os jovens refugiaram-se junto a um café, onde receberam assistência. A agressora fugiu mas foi detida. 

"SÓ OUVIA A MIÚDA A GRITAR PELO TELEMÓVEL"
Maria Manuela Santos, 62 anos, moradora do prédio onde a discussão teve início, relatou ao CM como tudo começou. "Ouvia-se muito barulho e gritos e pensei mesmo que ainda iam atirar alguma das raparigas pela janela. Só ouvia uma miúda a gritar pelo telemóvel e outra a dizer para a deixarem ir", contou a moradora do 5º piso. "Eles depois saíram todos de casa e, quando fui à janela, só já ouvi uns a perseguirem outros. E parece que uma delas foi esfaqueada, bem como um rapaz. Não posso continuar a viver assim, na entrada do prédio era só sangue". 

Noticia Correio da Manhã


28/05/2011

Inundações - Rua do Coudel

Sempre que chove com grande intensidade, isto acontece... inundações na Rua do Coudel e na Estrada de Mem Martins...  
Quando será que alguém toma medidas para resolver este problema?

Hoje, quando me deparei com a situação que filmei, contactei primeiro os bombeiros e depois a PSP... e fiquei pasmado com as resposta que recebi... prefiro não divulgar...




E na Estrada de Mem Martins???

26/05/2011

Lider do MEP - Ex-residente em Mem Martins


Num período em que Portugal está mergulhado numa terrível crise, os portugueses continuam a procurar os culpados para tudo, e simultaneamente a prepararem-se para votar exactamente nos mesmos de sempre...

Venho deixar uma mensagem que recebi, nas ultima eleições em 2009, de um conterrâneo de Algueirão-Mem Martins, que é líder de um partido politico, candidato a primeiro ministro e a deputado. 

Porque será que em Portugal não damos oportunidade a novos partidos? a novas pessoas? 

Aqui deixo a mensagem que recebi em 2009:
“No dia 27 de Setembro, os portugueses vão ter uma nova alternativa no seu boletim de voto: o MEP – Movimento Esperança Portugal. Uma visão da política pela positiva, que quer mobilizar o País para vencer a crise sem deixar ninguém para trás. Lidero este projecto com uma equipa de pessoas que se disponibilizaram para servir o bem comum. 

No nosso site www.mep.pt poderá encontrar todas as propostas que apresentamos. Hoje, nesta mensagem quero pedir-lhe o seu voto de confiança no MEP. Sobretudo para quem está desiludido e não se revê em nenhum dos partidos clássicos, o MEP é uma alternativa. 

Deixe-nos mostrar o que valemos durante a próxima legislatura, na defesa da política da esperança. Aos meus antigos conterrâneos de Algueirão Mem_Martins, terra onde cresci, deixo este desafio de apoio ao MEP.

Aqui deixo os dados e link para analisar todo o seu Curriculum:
RUI Manuel Pereira MARQUES, nasceu em Lisboa em 25 de Junho de 1963. Residiu em Algueirão – Mem Martins e actualmente vive em Lisboa, é casado e tem 4 filhos.

Aqui deixo uma prova da proximidade deste partido a Algueirão - Mem Martins, com um casal natural da freguesia, a mostrar o seu apoio na campanha eleitoral do MEP.



e aqui uma entrevista com Rui Marques, na SIC, no passado dia 20 de Maio

24/05/2011

Progresso Clube - Caminhada com Cães

Consciente da sua responsabilidade social do meio que o envolve, o Progresso Clube, mais uma vez, desenvolveu uma actividade de apoio a outra associação. 

Desta vez, em prol da Associação de Protecção aos Cães Abandonados (APCA). Aliando os benefícios de uma caminhada ao bem que faz os cães saírem um bocadinho do seu abrigo, na APCA, o Progresso Clube realizou, no dia14 de Maio, em Sintra, uma caminhada com cães e os participantes ajudaram, também, com sacos de ração para os seus amigos de 4 patas. Foi mais uma actividade espectacular do Progresso Clube

Vídeo extraído do "Sintra Canal"

22/05/2011

Futuro Momumento ao Bombeiro

Na próxima quinta feira, comemora-se 9 anos sobre a colocação de uma pedra na Rotunda da Paz (Belavista) com a informação "Local do Futuro Monumento ao Bombeiro"

9 ANOS... e onde está o Monumento?? 
Será que existe alguma coisa a dizer??? 
... era giro chamar os Homens da Luta... provavelmente envergonhavam alguém...



21/05/2011

SIC Noticias - Comentário sobre Paulo Portas

Esta semana assisti ao jornalista da SIC, Ricardo Costa, fazer uma apreciação que não se enquadra com a realidade.

Mem Martins não é um local assim perigoso, que dê origem a este tipo de comentários. Policias assaltados? O Paulo Portas vinha "dia sim, dia não" à esquadra? Quando foi isso? Têm datas?

Eu convido este senhor a fazer uma visita por Mem Martins, e mostrar-lhe que esta freguesia não é uma "Zona de Guerra", e assim, da próxima vez que quiser fazer um analogismo deste tipo, poder escolher outra localidade mais próxima da realidade.

15/05/2011

"Mem Martins Pelado"

Terminou mais uma época de futebol... e em Mem Martins continua a não existir vestígios de relva... Mem Martins continua pelado...

O que posso dizer, é que em Algueirão - Mem Martins o desporto é esquecido, é desvalorizado... 


Dezenas e dezenas de crianças e jovens, que se dedicam à pratica do futebol, são obrigados a enfrentar condições, que nos dias que correm, já são pouco dignas. Será que os políticos deste concelho não tem vergonha disto? Gostava de ouvir a opinião do presidente da Câmara sobre isto...

Dos quatros campos existentes na freguesia, apenas o que existente no Algueirão Velho, está dotado de relva sintentica, sendo os outros três ainda pelados, ou seja, na Tapada das Mercês, no Casal de São José e na Quinta do Recanto.

E eu faço uma pergunta: Se a Câmara Municipal, efectivamente, não tem dinheiro (ou vontade) para dotar a Quinta do Recanto de relva artificial, porque é que o clube não tentar, junto da população, angariar dinheiro para efectuar essa obra? Sorteios? Espectáculos? Rifas? Peditórios?

E fazendo uma conta, totalmente exagerada, se cada habitante da freguesia oferecesse 1€?? ou 0,50€?
1€ x 100 000 hab = ....

É assim que as coisas funcionam em localidades onde existe amor e dedicação, a população não gosta de se sentir envergonhada e junta-se em prol de uma comunidade. Em Algueirão Mem Martins, as coisas já funcionaram assim, à muitos anos, e foi assim, que por exemplo, foi construída a primeira Escola Primária, a Capela, etc...

Deixo aqui um vídeo do último golo, que a equipa de seniores, do Mem Martins Sport Clube, marcou na Quinta do Recanto esta época.  
Seria lindo, que este tivesse sido o ultimo golo oficial neste piso miserável... mas falta dinheiro... vontade, espirito... enfim...


14/05/2011

Festa da Família - 15 de Maio - Quinta das Rosas

Traga a sua refeição e partilhe-a em família

Plante connosco a primeira SEMENTE!
Participe na inauguração da nossa horta comunitária
Vamos ter jogos tradicionais, música e muito convívio.

Venha festejar com o grupo Girassol o Dia Internacional da Família
 http://www.facebook.com/event.php?eid=209682735728825

11/05/2011

20 anos de Cascaishopping

Esta semana comemorou-se os 20 anos do Cascaishopping, abriu em Maio de 1991, e esta foi uma data importante, pois foi com a abertura deste espaço, que os habitantes de Algueirão Mem Martins ganharam a proximidade das marcas de consumo, que marcaram as duas ultimas décadas.

O CascaiShopping foi o primeiro centro comercial regional em Portugal. O Centro Colombo só foi inaugurado 6 anos depois, em 1997.

Lembrou-me do caos que se criou no transito, da antiga estrada do Autódromo do Estoril, para aceder às lojas e ao "Continente", que foi o primeiro hipermercado desta região, evitando assim a deslocação à Amadora.

Quem não se lembra de brincar na "Divertilândia", um espaço situado no primeiro andar com uma pista de gelo, e várias maquinas de jogos? Quem não pedia uma moedas aos pais para ir fazer uns jogos? Ou quem ficava junto da pista de gelo a assistir às "quedas"?

E o famoso relógio de água que existia na zona da restauração? Azul... 

E uma maquina que existia na zona de restauração, onde existiam filas, para as crianças colocarem latas velhas, para tentarem ganhar prémios?

Também é interessante recordar algumas lojas que já desapareceram, como é o caso da "Printemps", os hamburguer do "Abracadabra"

E a identificação das entradas, com as letras A, B, C...

Em 1994 nasceu o "Toy’s’r’Us" e uma nova zona de estacionamento. Depois foi sofrendo obras, e o espaço onde estava situada a "Printemps" deu origem a mais lojas, e em 2003 ficou concluída a ampliação do espaço.


Recordações?? Cascaishoping, Shopping Show...


video 

Anúncio do Continente, depois da inauguração da loja de Cascais, 
quando ainda só existiam 4 lojas em Portugal
  video

Anúncio de Natal do Cascaishopping nos anos 90
video

03/05/2011

Resultado do Inquérito: "Como irá reagir o comércio local ao "Fórum Sintra"?"


No inquérito que realizei neste blog com a pergunta: 

Como irá reagir o comércio local ao "Fórum Sintra"?

as respostas mostram que as pessoas duvidam que o pequeno comércio aguente e consiga reagir ao poder atractivo e comercial de um Shopping, como o Fórum Sintra, situado mesmo junto à entrada de Mem Martins. A opinião da maioria das pessoas que votou recai sobre o encerramento de muitas lojas.

Não será necessário fazer um grande exercício para perceber que alguma lojas já fecharam portas, outras deslocaram-se para o novo Centro Comercial e outras já começaram a sentir a redução de clientes. O fim da Feira de Fanares já tinha afastado muita gente, a criação de vários supermercados de médias dimensão também, e agora um shopping terá sido, provavelmente, o golpe final.

Todos já conhecemos o preocupado estado de espírito do Presidente da Associação Comercial de Sintra, Manuel do Cabo, e qual será a opinião do Presidente da Junta de Freguesia de Algueirão Mem Martins, Manuel do Cabo?

Porque será só conhecemos a opinião de um dos Presidentes? Porque será que um Presidente fala e o outro não? 

E tendo conhecimento do impacto que este tipo de superfícies comerciais teve noutras cidades, não seria de esperar uma atitude mais enérgica e preventiva por parte de pessoas com responsabilidade?

Um Centro Comercial pode gerar muito emprego, e isso sem dúvida, é uma grande virtude, mas por outro lado geral um desemprego e uma possível miséria desprotegida, pois um comerciante que seja obrigado a fechar a sua loja, não terá apoios sociais. (sub desemprego)...

Aqui deixo os resultados do inquérito que aqui esteve em votação (240 votos)

01/05/2011

Recorde de visitas - Abril 2011

É o primeiro post que escrevo relativamente ao número de visitas deste Blog, mas penso que é importante realçar que em Abril de 2011, este Blog atingiu o incrível número de aproximadamente 96 mil visitas.

Eu sei que este incrível crescimento se deveu à abertura do Fórum Sintra, e a prova disso, é o facto de no dia da sua inauguração, o número de visitas ter superado as 11 mil. 

Desta forma, agradeço e registo com muito orgulho estes números, num blog que relembro ser pessoal, sem qualquer ligação politica, da terra onde eu sempre vivi, da terra onde eu tenho as minhas raízes familiares, e da terra que apesar de todos os seus defeitos, é a terra que eu ainda gosto de viver.