19/10/2009

Grande Reportagem SIC, sobre a Gripe A, no Centro de Saude de Algueirão-Mem Martins

A Grande Reportagem, sobre a Gripe A, no Centro de Saúde de Algueirão Mem Martins, de certa forma mostrou o esforço e a preparação dos profissionais de saúde, mas por outro lado demonstra a grande fragilidade na instalações.

17/10/2009

Faleceu o Mestre Fernando Batista



Faleceu o Mestre de Bu Jutsu Fernando Batista, 52 anos, vítima de doença prolongada, no dia 15 de Outubro de 2009.

Principal dinamizador do Bu Jutsu em Portugal, o Mestre Fernando Batista dava aulas desta arte marcial no Progresso Clube há 12 anos e foi galardoado com a Medalha de Mérito da Junta de Freguesia de Algueirão Mem Martins, em Fevereiro deste ano. Recorde-se que em Agosto de 2009, o mestre Fernando Batista organizou no Progresso Clube, o Estágio Internacional Tanto-Jutsu” (faca japonesa), com o mestre Philippe Renault, referência mundial, e que trouxe à colectividade de Algueirão Mem Martins os mais conceituados praticantes de Bu Jutsu.



Nascido a 25 de Maio de 1957 na localidade de Assunção, concelho de Arronches, distrito de Portalegre, o Mestre Fernando Batista Fernando Batista era 5.º Dan, o mais graduado em Portugal nesta arte marcial.

O seu corpo encontra-se na casa mortuária da Igreja da Damaia de onde partirá, amanhã, dia 17 para Arronches onde se irá realizar o funeral.

16/10/2009

Feira das Mercês em 2009

A centenária Feira das Mercês vai realizar-se este ano entre 17 de Outubro e 1 de Novembro, cabendo a organização, mais uma vez, à persistência da Associação de Solidariedade Social das Mercês. A célebre e tradicional Carne de Porco às Mercês, cuja identidade se confunde com a própria feira, é um dos atractivos reservados a pensar no público, para além de actividades culturais que permitirão ficar a conhecer melhor a cultura genuína da região saloia.

Noticia "Radio Ocidente"

10/10/2009

Outro Lider Politico, na campanha Autarquica, em Mem Martins

Este post vem repor a verdade ao anterior, pois no ultimo dia de campanha (09 Out), tivemos mais um líder partidário, na freguesia de Algueirão - Mem Martins, a visitar o Centro de Dia.

08/10/2009

Unico lider partidario em Algueirão - Mem Martins

Hoje (08 Out) esteve presente no Largo da Estação, o único líder partidário que se deslocou a Algueirão - Mem Martins, nestas eleições autárquicas.

Como se pode interpretar isto?
Será que Algueirão - Mem Martins desinteressante politicamente para os grandes partidos?
Terá isto algum valor? Cada pessoa pensa da sua maneira, e vota livremente.
Fica a referencia e a reportagem da RTP.

06/10/2009

Reportagem SIC sobre as Autarquicas09, em Sintra

Uma reportagem da SIC sobre as Eleições Autárquicas09 em Sintra, que faz um breve resumo sobre os problemas do Concelho. 

Apenas não gostei de uma coisa. Porque foram apresentados apenas dois candidatos? E os outros? Baptista Alves e André Beja?
 
Acho isto extremamente injusto, pois assim se divulgam as propostas dos partidos mais ricos, empurrado para trás as forças politicas mais fracas. 

É por isto, que vai aumentado a bipolarização partidária em Portugal.

03/10/2009

Balneários Publicos em Algueirão-Mem Martins

Uma das propostas apresentadas pela candidata do PS, a arqt. Luiza Salgueiro, deve-se ao facto de existirem muito casos na vila, em que as pessoas recorrem a bombas de gasolina para tomar banho, e para a sua higiene pessoal. Confesso que nunca assisti a tal situação, mas também não afirmo que não exista. No entanto, acho que existe alternativas mais viáveis do que a solução apresentada pela candidata, de construir dois balneários públicos em Algueirão - Mem Martins.

A minha proposta seria a Junta chegar a um acordo com as colectividades, e em troca de uma disponibilidade de horário, e de uma ajuda financeira, seriam disponibilizados os balneários da Quinta do Recanto, Complexo Desportivo do Casal de São José, Complexo Desportivo da Tapada das Mercês, Campo de Jogos no Algueirão Velho, Balneários das Piscinas de Ouressa. Desta forma, seriam 5 pontos estratégicos da freguesia para ajudar as pessoas que efectivamente tem dificuldades, e também seria uma fonte de receita para as colectividades. (que tanto precisam). Todos ficariam a ganhar, e a Junta de Freguesia ou a Câmara Municipal, ficariam salvaguardas para uma construção, que corria o risco de ser um elefante branco.

Caso se verificasse que a procura era efectivamente elevada, então sim, poderia se pensar numa solução de fundo. Esta é apenas e simplesmente a minha opinião.