24/08/2009

Slogan de Ana Gomes [video]

Como é possível o Slogan da campanha de Ana Gomes à autarquia de Sintra ser "Sintra Primeiro"?
Será que ela já se esqueceu que primeiro foi o Parlamento Europeu? E quando foi candidata para a Europa, também já era candidata a Sintra, e agora diz "Sintra Primeiro"? E as pessoas que votaram nela, convictas que ela seria uma excelente deputada europeia, será que agora não se sentem enganadas? E como é possível







Deixo marcado algo que me deixa perplexo no "infomail" da candidatura...
Será que Ana Gomes, se for eleita, irá abraçar Sintra, com a mesma determinação e energia com que abraçou o Parlamento Europeu? Que ela mesmo diz que vai abandonar em caso de eleição...












Ana Gomes a viver na Avenida dos Bons Amigos? Na Urbanização Mem Martins Poente? Em Sacotes? No Algueirão-Velho? Mem Martins requalificado como merece? Como? Demolir todas as aberrações urbanísticas? Criar espaço verdes, culturais e de lazer? Espaço para as crianças brincar? Lugares para ser poder estacionar? etc... etc... etc.... Ana Gomes nunca escolheria Mem Martins para viver...
video

Não sei ainda em quem vou votar (está difícil escolher), mas já tenho a certeza em quem não vou votar....

18/08/2009

Inauguração da SUB - Mem Martins [video]

Noticia "Correio da Manhã"
18 Agosto 2009 - 13h14


Investimento de 700 mil euros
Sintra: Novo serviço de Urgência

O Serviço de Urgência Básica (SUB) de Sintra foi esta manhã inaugurado pela ministra da Saúde, Ana Jorge, e representa um investimento de 700 mil euros, em equipamentos e instalações.
O SUB está localizado no terreno das instalações da antiga fábrica da Messa, na freguesia de Algueirão-Mem Martins, funciona 24 horas por dia e assegura o atendimento a adultos.

A inauguração foi marcada pela opinião dividida dos utentes, entre a satisfação e as críticas. Fernando Augusto acompanhou a mulher Rosário Domingas, devido a forte dores que sentia. “Estas instalações são muito pequenas. Além disso é a terceira vez que vimos às Urgências (ao hospital) e espero que nos resolvam o problema desta vez.”

Mais satisfeita mostrou-se Maria Odília Ribeiro. “O atendimento nestas urgências evita a que tenhamos de ir para o Hospital Amadora-Sintra, onde iríamos esperar várias horas. Estou satisfeita por ter esta unidade mais perto de casa.”

O presidente da Junta de Freguesia de Mem Martins, Manuel do Cabo, elogiou o investimento do Ministério da Saúde. “Estas Urgências são extremamente importantes porque a nossa freguesia, a maior do País, com mais de 100 mil habitantes e estamos muito carenciados de estruturas de saúde.”

O autarca criticou ainda a instalação do centro de saúde num prédio de habitação de seis andares.
O SUB dispõe de médicos, enfermeiros e técnicos de radiologia em serviço permanente e destina-se ao atendimento de situações urgentes. Está equipado com rádio-X, monitor-desfibrilhador, exames clínicos de química seca e equipamento que permite pequenas cirurgias.

O concelho de Sintra é composto por vinte freguesias, com 409227 utentes inscritos nos serviços de saúde.

Noticia TVI
video

Noticia SIC video

(Atenção à SIC: a freguesia chama-se 'Algueirão-Mem Martins', diz-se que tem mais de 100 mil habitantes e para além de ser a maior do pais, é também a maior da Europa)

17/08/2009

Recordação do Algueirão

Estas imagens foram retiradas do Blog de Coutinho Afonso (clica), uma típica aldeia saloia ,que pertence à freguesia de Algueirão - Mem Martins.
Achei delicioso estas lembranças do Algueirão. O regresso à vida saloia...

















































Ou então uma recordação da Igreja do Algueirão...














E hoje que imagem poderia estar num copo ou numa caneca alusivo à vila? Sugestões...
- O Edifício Foguete?
- O Skyline da Tapada das Mercês?
- A Urbanização Mem Martins Poente?
- Uma imagem do Jardim Central ?!?!?!?
- Todos os logótipos, de todos os supermercados da freguesia?
- Fotografias de carros mal estacionados por todo lado...

Existia tanta coisa, para levar a freguesia na lembrança!!! É pena se ter perdido a memória do antigo Saloio e o seu burro, os genuínos habitantes de Algueirão-Mem Martins

Serviço de Urgência Básica de Sintra entrou hoje em funcionamento


Tanto tempo depois do prometido...






[Comunicado da ARS-LVT]Serviço de Urgência Básica de Sintra entrou hoje em funcionamento

Entrou hoje em funcionamento o Serviço de Urgência Básica (SUB) de Sintra, localizado em Algueirão-Mem Martins e que vai servir a população deste Concelho. O investimento realizado pelo Ministério da Saúde em instalações e equipamentos foi de 700 mil euros.

O SUB dispõe de médicos, enfermeiros e técnicos de radiologia em serviço permanente, e destina-se ao atendimento de situações urgentes numa lógica de proximidade para com as populações. Este serviço está equipado com RX, electrocardiógrafo, monitor-desfribilhador, exames clínicos de química seca e equipamento que possibilita a realização de pequenas cirurgias.

O SUB de Sintra está localizado no terreno das instalações da antiga fábrica da Messa, na freguesia de Algueirão-Mem Martins, e vai funcionar 24 horas por dia, assegurando nesta primeira fase o atendimento a adultos que se desloquem até este serviço. Os recursos humanos para o funcionamento deste serviço são assegurados pelo Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca, o qual abrange os concelhos de Amadora e Sintra.

O Serviço de Urgência Básica de Sintra integra a Rede de Referenciação de Urgência/Emergência, conforme o Despacho n.º 5414/2008, de 28 de Janeiro, o qual veio definir os pontos de acesso a este tipo de serviços. O Concelho de Sintra é composto por vinte freguesias, tendo 409.227 utentes inscritos nos serviços de saúde.

O início da actividade deste serviço ocorreu hoje pelas 8 horas da manhã. A Região de Lisboa e Vale do Tejo vai ter, dentro em breve, mãos dois SUB, localizados em Coruche e Santo António dos Cavaleiros – Loures.

Lisboa, 17 de Agosto de 2009
Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo

10/08/2009

[TVI24] Jovem morto a tiro em Mem Martins


Grupo com cinco homens foi até casa do jovem e acabou por disparar a matar

Um grupo de cinco homens abordou e acabou por matar um jovem de 25 anos, esta segunda-feira, na freguesia de Algueirão, Mem Martins, adiantou fonte policial ao tvi24.pt

O crime ocorreu pelas nove horas da manhã. O jovem estaria dentro de um prédio quando foi atingido a tiro, acabando por falecer. Segundo os relatos de populares no local, o grupo de cinco jovens terá dito que pertenciam à EDP para que o jovem lhes abrisse a porta. 

O homicídio está já a ser investigado pela PJ, no entanto, até ao momento ainda não foi possível apurar se foi já efectuada alguma detenção. 

[SIC] Morto por falso técnico da EDP, em Mem Martins [video]

Um guineense de 25 anos, operário de construção civil, foi morto com quatro tiros de pistola à porta do prédio onde residia, em Mem Martins, Sintra. O autor do crime, um homem vestido de técnico da EDP, bateu à porta de casa da vítima pelas 09h30.

Perseguido há cerca de um mês, o guineense nem desconfiou, e ao deparar-se com o agressor, os dois iniciaram de imediato uma discussão. O conflito entre o operário de construção e o falso técnico da EDP passou para o átrio de entrada do prédio, onde o guineense foi atingido pelo agressor com quatro tiros de pistola.

O autor do homicídio, e três homens também vestidos de técnicos da EDP, fugiram a pé do local do crime, deixando a viatura usada numa rua próxima.

O operário guineense ficou estendido à entrada do prédio onde residia, vindo ainda a ser assistido por técnicos do INEM. Faleceu minutos depois. A PSP montou, de imediato, um forte dispositivo de segurança, que permitiu o trabalho de recolha de vestígios a uma brigada da secção de homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa.

Noticia completa "Correio da Manhã" (Link)

video

09/08/2009

Há Petroleo no Beato. E no Algueirão [video]

Curioso foi o facto de no passado dia 12 de Julho, me ter deliciado na RTP Memória a ver a Peça de Teatro "Há Petróleo no Beato". Provavelmente quem não conhece esse registo de Raul Solnado deve estar a perguntar o que isso tem a ver com a Vila de Algueirão - Mem Martins.

O pacato Juvenal Costa, taxista que mora com a família no Beato. A sua casa é minúscula, tem inúmeras dificuldades económicas e está mesmo em risco de perder o táxi por não ter dinheiro para as prestações. Vive com a mulher e a filha e portas a dentro está sempre uma vizinha que se dedica à adivinhação, o namorado da filha e um "menino rico", sempre charrado.


Um dia em que a mulher vai apanhar uma alface ao quintal para fazer uma saladinha, surge o inesperado: jorra petróleo do buraco.
Estando-se em plena crise mundial do petróleo, surgir assim um poço em Portugal, revoluciona tudo. Juvenal já se considera rico, os poderes nacionais e internacionais querem dialogar com ele, torna-se famoso e é assediado por todo o lado. O assediador mais persistente é o compadre do Juvenal, um espertalhaço, que quer à viva força comprar a casa do taxista.

video

Uma das vertentes interessantes da história é o facto de a personagem principal, estar interessada em trocar o Beato em Lisboa, pelo descanso do Algueirão. Em 1986, o Algueirão ainda era visto como uma zona calma, com uma excelente qualidade de vida, para onde efectivamente valia a pena vir morar. A Tapada das Mercês ainda era verde. Ouressa ainda era verde. A Coopalme e a Cavaleira não existiam. Quase não existiam prédios no Algueirão. Era sem duvida uma zona calma e pacata. Que saudades desse Algueirão, que há muitos anos atrás era uma zona de descanso e repouso, e para onde vinham passar os fins de semana, gente rica de Lisboa.

A ultima imagem desta produção é fantástica, quando é filmada a rua para onde Juvenal Costa (Raul Solnado) veio viver, e também descobrir petróleo, uma rua praticamente deserta, e sem movimento, perto da estação de comboios, mas que capta a imagem de um Fiat Ritmo branco, pertencente à escola de condução.
Provavelmente, quem vive nesta terra há muitos anos, aprendeu a conduzir num carro daqueles, e tem na memória este carro. Mesmo quem nunca o conduziu, lembra-se de os ver circular nas ruas pouco movimentadas desse tempo.


Esta produção da RTP termina com essa imagem, e com o grito do Raul Solnado: "Há Petróleo no Algueirão". Vou tentar arranjar essas imagens.
video
A morte do grande Raul Solnado foi o mote para falar deste assunto.
Nunca serás esquecido Raul Solnado...

07/08/2009

Aulas com Rita Spider, no Progresso Clube


A conhecida bailarina, coreografa e professora Rita Spider, que mora na freguesia de Algueirão Mem Martins, vai dar aulas, a partir de Setembro, no Progresso Clube.

Rita Spider que tem trabalhado em diversos países como, por exemplo, nos Estados Unidos da América, Reino Unido, Espanha, França, China e Alemanha, já conquistou o primeiro lugar do concurso Aqui há Talento, RTP 1, com o grupo Abstractin’ e, individualmente, venceu diversos concursos e battles de dança internacionais. Rita Spider tem feito formação nas melhores escolas de dança em Portugal, E.U.A., França, Inglaterra, Espanha, Suécia, China e Noruega.

A preparar a nova época de 2009/2010, o Progresso Clube, colectividade localizada em
Algueirão, conta também com outros nomes conhecidos do mundo da dança, como é o caso de Pedro Cruz (salsa) também ele residente na freguesia, Carla Tomás (ballet) e Hélio Santos (kizomba).

O
Progresso Clube, agora com uma nova dinâmica, vai duplicar, já em Setembro, as modalidades existentes. Judo, Krav Maga, Expressão Musical, Hatha Yoga Dinâmico, Teatro e Yoga Infantil são algumas das novas modalidades que reforçam a oferta que o clube apresentava e que, recorde-se, teve o seu auge, em Fevereiro, quando Paulo Calhau obteve o título do mundo em Muay Thai.

Já uma séria referência nacional, nas artes marciais e desportos de combate, o
Progresso Clube, prepara-se, agora, para vencer na dança.

(clica na imagem para ver com mais pormenor os horários das aulas)




05/08/2009

o resurgimento da Radio Ocidente








www.radioocidente.pt



A RÁDIO OCIDENTE, consubstanciada num Sistema Global de Comunicação está sedeada em Algueirão-Mem Martins, no concelho de Sintra (Portugal) abrangendo os meios Rádio, Imprensa e Televisão. Depois do site, prepara agora o lançamento da rádio online, de natureza regional, com uma forte componente generalista, onde a informação a par da música desempenha um papel importante. Sempre foi assim e da parte dos seus jornalistas e locutores, assim será, neste novo formato.

O público-alvo é composto primordialmente pela comunidade residente nos concelhos de Sintra, Amadora, Oeiras, Cascais e Mafra, sem perder noção da emissão a nível global.

Os principais clientes dos serviços publicitários serão as empresas e as instituições do segmento público ou privado que privilegiam a promoção das suas actividades através de um canal de comunicação global, sério e efectivo, com vista a alcançar os diferentes segmentos da população.

Prevê-se em breve estabelecer protocolos no sentido de criar um espaço regular de conteúdos que seja um reflexo do que mais positivo tem sido feito pelo concelho e pelas suas gentes, bem como indicação de projectos futuros que vão ao encontro das necessidades evidenciadas pela comunidade local.

Em termos comerciais, a RÁDIO OCIDENTE irá procurar celebrar contratos/acordos que assegurem a estabilidade e sustentabilidade do negócio no médio e longo prazo, adoptando para o efeito políticas de fidelização e de renovação de contratos de publicidade que visem o progressivo alargamento da carteira de clientes.

Em síntese, a RÁDIO OCIDENTE estará atenta à vida autárquica; à vida dos jovens e das escolas, à vida das empresas; à vida das associações e colectividades de cultura, recreio e desporto; à vida de todos os agentes sociais que sentem e vivem a dinâmica dos referidos concelhos.

Porque o seu espaço é abrangente e atinge os mais variados interesses, a RÁDIO OCIDENTE será por isso o meio por excelência para a publicidade de empresas e serviços.